segunda-feira, 11 de março de 2013

Agente Penitenciário é executado com tiro na nuca em João Pessoa e cunhado da vítima culpa deputado e Direitos Humanos por defenderem bandidos


Agente Penitenciário é executado com tiro na nuca em João Pessoa e cunhado da vítima culpa deputado e Direitos Humanos por defenderem bandidos
O agente penitenciário Edson Bezerra da Silva, 32 anos, foi executado com um tiro na nuca na manhã desta segunda-feira (11), quando chegava para trabalhar de segurança em uma empresa na Rua Maria Helena Rocha, no bairro dos Funcionários II, em João Pessoa. A vítima foi abordada por dois homens que estavam em uma moto.

O carona se aproximou, desferiu o disparo e depois fugiu junto com o piloto tomando destino ignorado. O Samu foi acionado, mas ao chegar ao local constatou o óbito.

O agente estava com um revólver calibre 38 na cintura e ainda uma faca, mas não conseguiu reagir.

Ao presenciar a cena, um homem que se identificou como cunhado da vítima responsabilizou o deputado federal Luiz Couto e os Direitos Humanos pela morte do agente. Bastante chocado com a cena, o homem fez um desabafo, relatando que o agente estava afastado das funções devido a perseguições.

Segundo ele, os policiais e agentes são guerreiros contra o crime e contra os bandidos, no entanto, o deputado petista e os Direitos Humanos trabalham colocando os bandidos de volta ao convívio público. “Os policiais trabalham para prender bandidos, aí vem o deputado e os Direitos humanos e os soltam e dá nisso, isso é o que acontece bandido na rua matando gente de bem”, desabafou.


Com informações e fotos de Aguinaldo Mota

PB Agora  
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fernando Lúcio: E-mail: donainesonline@hotmail.com. Tecnologia do Blogger.