segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Lideranças prestigiam ingresso de Couto no agrupamento do PT ‘Mensagem ao Partido’



O PT comemora 33 anos de fundação


Lideranças políticas e de movimentos sociais de diversos municípios paraibanos prestigiaram, no sábado (19), no auditório da OAB/João Pessoa, o ato que marcou o ingresso do deputado federal Luiz Couto no agrupamento interno do PT – ‘Mensagem ao Partido’. Ele deixou à corrente partidária ‘Construindo um Novo Brasil’, antiga Articulação Unidade na Luta.
A prefeita de Pombal, Pollyanna Dutra, vereadores, dirigentes e militantes petistas; representantes de associações e de entidades sindicais, do Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos da UFPB; secretários municipais e de estado, a exemplo de Carlos Alberto Dantas (adjunto de Infraestrutura) e Marenilson Batista (Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca), expressaram apoio ao lançamento do manifesto de adesão à ‘Mensagem’ intitulado “Renovar o PT, renovar a Política para o Brasil e a Paraíba avançar muito mais”. Os prefeitos de Belém do Brejo do Cruz, Germano (PSC), e Parari, Josa (PSB), também estiveram presentes. O parlamentar federal Alessandro Molon (RJ) foi representado pelo seu chefe de gabinete.
 Os convidados, deputados federais Paulo Teixeira (PT-SP) e João Paulo Lima (PT-PE), ex-prefeito de Recife, saudaram Luiz Couto, como novo integrante da ‘Mensagem ao Partido’, destacando as suas qualidades.
 João Paulo disse que Couto é ético, comprometido com as causas populares e no parlamento tem se destacado com um dos mais atuantes do país. “A conquista do Prêmio Congresso em Foco e do Prêmio Direitos Humanos 2012 comprovam o seu brilhante trabalho”, destacou.
 
Paulo Teixeira ressaltou que as características do deputado paraibano, “formidável figura humana, conselheiro e orientador”, vão contribuir para fortalecer as discussões sobre as reformas que o Brasil necessita – democratização da comunicação e do estado; separar o dinheiro da política (público do privado) e mudanças no Judiciário (repensar critérios de nomeação dos ministros e formas de aproximar esse poder da população).
No final do evento, Luiz Couto fez a leitura do manifesto que simbolizou a sua entrada na ‘Mensagem’. Defendeu um PT renovado com mais debates, transparência e participação dos filiados. Salientou que sempre advogou os princípios socialistas, democráticos e éticos, dentro e fora do partido. Lembrou que o PT foi seu único partido “e será até o fim”.




Mensagem ao PT e à Paraíba
Renovar o PT, renovar a Política para o Brasil e a Paraíba avançar muito mais

  1. O Partido dos Trabalhadores é a mais bem sucedida experiência política partidária do Brasil. Por sua abertura à diversidade já no seu nascedouro, pela refutação a qualquer dogmatismo e inevitabilidade histórica, por sua convicção no fazer político como atividade coletiva permanente, por sua defesa do pluralismo cultural, por sua convicção democrática, por seu compromisso com a liberdade, por sua luta em prol dos Direito Humanos, o PT constituiu-se na maior referência política da luta por justiça social no Brasil.

  1. Construído por uma militância e por lideranças reconhecidamente identificadas com a transformação da sociedade e das instituições, o PT trouxe boas novas para a política brasileira já no exercício interno da democracia em suas instâncias partidárias e no diálogo permanente com o movimento social, eclesial e sindical e com a universidade.

  1. No exercício de mandatos parlamentares e no comando de prefeituras e governos estaduais ainda nos idos da década de 1980, o PT destacou a marca da inversão de prioridades, em favor dos segmentos sociais e das políticas públicas até então abandonadas a um esquecimento secular.

  1. Mas o PT, ao atuar na história para transformá-la, foi também atuado e transformado por ela. O PT foi marcado e deixou-se marcar, sem nenhuma ingenuidade e com certo pragmatismo, por uma outra tradição a que o PT se opunha e contra a qual o PT se insurgiu. Ao adotar práticas comuns a agremiações políticas de outros matizes ideológicos, o PT comete erros que são habituais e crônicos em muitas outras legendas das quais nunca se esperou nem se exigiu tanta lisura e correção como se demanda ao PT. Por outro lado, faltou ao PT, por exemplo, ousadia para sensibilizar o povo brasileiro para uma ampla reforma política. O PT acomodou-se.

  1. Ao PT urge RENOVAR-SE E AO MESMO TEMPO RENOVAR A POLÍTICA BRASILEIRA. Para liderar e levar mais longe esse novo Brasil, mais próspero, mais complexo – mas ainda injusto e violento, com grandes desigualdades sociais e regionais – urge um PT renovado na sua vida partidária, com mais debates, transparência e participação dos filiados e filiadas. O PT renovado e mais ousado também no seu programa para aprofundar a democracia brasileira, para democratizar os meios de comunicação, para suscitar as reformas do Estado, a reforma política, da Segurança Pública, do Sistema Penitenciário, do Judiciário, fiscal, tributária. Renovado e revitalizado para criativa e obstinadamente pensar e transformar as cidades em espaços de todos e todas as brasileiras, com sustentabilidade e respeito com as futuras gerações. O PT que tenha nos Direitos Humanos o horizonte imediato e a grande fronteira das próximas décadas.

  1. Essa renovação do Partido dos Trabalhadores e da política não virá de cima, das suas instâncias centrais. Tão pouco virá do Governo e do Parlamento. Essa renovação começará na atuação pessoal de cada um de nós, a partir da célula social básica nos diretórios municipais, nos núcleos primordiais, nos pequenos espaços e do lugar das minorias inquietas e insatisfeitas com as insuficiências e os limites da política da atual maioria partidária no Brasil e aqui na Paraíba. E, como bem disse o poeta paraibano Geral Vandré, “quem sabe faz agora, não espera acontecer”.

  1. Ingressei no PT em 1985, já com uma forte militância no campo social e na luta pelos Direitos Humanos, só mais tarde, em 1994 é que comecei a disputar cargos no legislativo. Foram 02 mandatos de deputado estadual e estou no 3º mandato federal. São quase 20 anos dedicados à vida parlamentar honrando e dignificando a confiança e o voto dos paraibanos e paraibanas.

  1. No próximo dia 10 de fevereiro o PT completa 33 anos, enquanto filiado quero agradecer a militância petista tudo o que ela me proporcionou em termos de representação partidária. Dei os melhores anos de minha vida ao PT e disso não me arrependo. O PT foi meu único partido e será até o fim. Fui sempre um defensor dos princípios socialistas, democráticos e éticos, dentro e fora do PT.

  1. Sou um homem de partido e de convicções partidárias. Por essa razão, tomo a firme decisão de ingressar no Movimento Mensagem ao Partido que se constitui numa convergência de forças internas do PT que buscam construir um protagonismo na luta pela superação das desigualdades do país, assim como uma maior atenção à formulação de políticas transformadoras, para dentro do próprio partido, assim como o comportamento ético de seus filiados e dirigentes. Disso eu não abro mão!

  1. Deixo o Campo Majoritário (CNB) sem mágoas ou ressentimentos e abraço a Mensagem ao Partido com grande entusiasmo enquanto espaço político de homens e mulheres que se respeitam e são solidários e que, assim como eu, mantêm a utopia da sociedade socialista.

  1. Completamos 10 anos no comando do governo da República, com Lula e Dilma, fazendo e propondo mudanças estruturantes para o Brasil. Todavia, precisamos reconhecer que é preciso avançar cada vez mais em favor da maioria do povo brasileiro. Estamos no parlamento fazendo o debate e a defesa das conquistas alcançadas pelo governo do PT, mas é preciso enfrentar com determinação as reformas que o Brasil precisa.

  1. Tenho defendido na Paraíba e no Brasil bandeiras que são muito caras e que, por vezes, são mal compreendidas na sociedade ou manipuladas por setores da mídia. A luta pelos Direitos Humanos nos obriga a combater toda forma de violência e a denunciar a impunidade e a corrupção que impedem os direitos da cidadania.

  1. Entro na Mensagem com esta disposição e com as convicções de um militante de esquerda, convidando os demais companheiros e companheiras para que possamos chegar e fazer a diferença no modo de pensar e propor a política dentro do PT e para a sociedade. Vida longa ao PT e à Mensagem. A luta continua.


Luiz Couto
Deputado Federal
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fernando Lúcio: E-mail: donainesonline@hotmail.com. Tecnologia do Blogger.