sexta-feira, 19 de abril de 2013

CAOS NA SAÚDE EM DONA INÊS




O município de Dona Inês situado no Curimataú Paraibano cerca de 160 km de João Pessoa
Vive uma situação caótica na Saúde do Município, os profissionais dos Postos de Saúde estão sem receber o mês de Março até agora, são médico, enfermeiro, técnico de enfermagem, odontólogo e Agentes de Saúde com os seus vencimentos atrasado.
No município são 5 equipes de saúde da Família dos quais 3 faltam médicos e os outros dois ameaçam sair a qualquer momento, nos postos de saúde mesmo os que têm médico falta medicamento e o pouco medicamento que tem os pacientes tem que se deslocar até a cidade, pois além de poucos ou quase nada de remédios que ainda são distribuídos não ficam nos posto, a população idosa é a que mais sofre.
Posto de saúde funcionando em local precário, exames especializados atrasados, funcionários com salários atrasados, perseguição e assedio moral com alguns funcionário esse é o quadro da saúde pública de Dona Inês.
Os postos sem médicos são o do Sitio Serra do Sítio, do Sítio Brejinho e um da Cidade e com os salario atrasados fica difícil os médicos trabalharem em Dona Inês.
Curioso que já tem recurso repassado pelo fundo nacional de saúde para o pagamento desses profissionais, mas não foi pago ainda.
Os funcionários desestimulados com contas atrasadas são pais e mães de família que trabalha diariamente e não recebe na data correta, a atual administração se faz de vítima tentando dar desculpas inverídicas. Mas já tem recurso disponível e não há pagamento, dessa forma caracterizando um monstro silencioso que vai com um sorriso falso, mas vai matando lentamente a população por falta de assistência médica e de descasos com o pagamento dos funcionários.
VEJA NA TABELA ABAIXO OS VALORES QUE A PREFEITURA DE DONA INÊS JÁ RECEBEU ESTE ANO EXCLUSIVO PARA A SAÚDE.
                        PREFEITURA DE DONA INÊS-FUNDO NACIONAL DE SAÚDE
                                                                VIGILÂNCIA DA SAÚDE
                                                    VIGILÂNCIA E PROMOÇÃO DA SAÚDE
AÇÃO/SERVIÇO/ESTRATÉGIA
JAN
FEV
MAR
ABR
PISO FIXO DE VIGILÂNCIA E PROMOÇÃO DA SAÚDE-PFVPS
R$0,00
R$8.855,43
R$0,00
R$0,00
                                      MÉDIA E ALTA COMPLEXIDADE AMBULATORIAL E HOSPITALAR
          LIMITE FINANCEIRO DA MÉDIA E ALTA COMPLEXIDADE AMBULATORIAL E HOSPITALAR
AÇÃO/SERVIÇO/ESTRATÉGIA
JAN
FEV
MAR
ABR
TETO MUNICIPAL REDE BRASIL SEM MISERIA (BSOR-SM)
R$537,50
R$537,50
R$537,50
R$537,50
TETO MUNICIPAL DA MÉDIA E ALTA COMPLEXIDADE AMBULATORIAL E HOSPITALAR
R$0,00
R$22.905,39
R$23.980,39
R$23.980,39
                                                                   ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA
                                              BÁSICO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA
AÇÃO/SERVIÇO/ESTRATÉGIA
JAN
FEV
MAR
ABR
PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA BÁSICA
R$4.735,35
R$4.735,35
R$4.735,35
R$0,00
                                                                       ATENÇÃO BÁSICA
                                                   PISO DA ATENÇÃO BÁSICA VARIÁVEL
AÇÃO/SERVIÇO/ESTRATÉGIA
JAN
FEV
MAR
ABR
SAÚDE BUCAL-SB
R$0,00
R$16.725,00
R$16.725,00
R$0,00
AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE-ACS
R$0,00
R$26.600,00
R$26.600,00
R$0,00
PROGRAMA DE MELHORIA DO ACESSO E DA QUALIDADE-PMAQ (RAB-PMAQ-SM)
R$0,00
R$0,00
R$6.600,00
R$13.200,00
SAÚDE DA FAMÍLIA-SF
R$0,00
R$53.475,00
R$53.475,00
R$53.475,00
NÚCLEOS DE APOIO À SAÚDE DA FAMÍLIA-NASF
R$0,00
R$8.000,00
R$8.000,00
R$0,00
COMPENSAÇÃO DE ESPECIFICIDADES REGIONAIS
R$0,00
R$0,00
R$5.413,22
R$0,00
                                                     PISO DA ATENÇÃO BÁSICA FIXO-PAB-FIXO
AÇÃO/SERVIÇO/ESTRATÉGIA
JAN
FEV
MAR
ABR
PAB-FIXO
R$0,00
R$21.827,08
R$21.827,08
R$21.827,08
TOTAL GERAL ATÉ AGORA DE 2013-R$476.447,11
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fernando Lúcio: E-mail: donainesonline@hotmail.com. Tecnologia do Blogger.