sábado, 23 de novembro de 2013

Vereadores de Guarabira podem perder mandatos por não justificarem faltas


O presidente da Câmara de Vereadores de Guarabira, Saulo Fernandes, conhecido como Saulo de Biu, está acionando o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (T-PB) para cassar o mandato de oitos vereadores da bancada de situação e dar posse imediata aos suplentes. O motivo seria faltas injustificadas.De acordo com relatos da imprensa local, os governistas já faltaram por quatro sessões seguidas levando do Saulo de Biu, que assumiu após renúncia recente de Lucas Porpino, a tomar medidas drásticas contra os colegas parlamentares.
Saulo de Biu já teria mandado cortar o ponto dos faltosos e descontado R$ 3 mil do salário de cada um dos gazeteiros.
Caso o TRE atenda ao pedido da Presidência da Câmara os legisladores, Inaldo Júnior, Lula das Molas, Jáder Filho, Lucas Porpino, Beto Meireles, Costinha, Marcos de Enoque e Thiago do Mutirão ficarão fora do parlamento guarabirense.
Acontece que os governistas na Câmara Municipal não reconhecem Saulo de Biu como presidente legítimo da Câmara e as faltas seria uma espécie de retaliação ao gestor.
Saulo assumiu após uma manobra da bancada de situação para que ele ao ser colocada no cargo ficasse inelegível para a nova eleição com a renúncia de Lucas Porpino, pois, o regimento da Casa não permite reeleição.
Ao ser alçado presidente, Saulo mostrou que o regimento da Câmara também diz que só será feita eleição para cargo vago e, portanto, a eleição só seria feita para a vaga de vice e outras funções da mesa.
Os governistas já chegaram a recorrer a Justiça, mas, o juizado da 5ª Vara, da Comarca de Guarabira, ainda não deliberou sobre o desfecho do processo.

Roberto Targino – MaisPB
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fernando Lúcio: E-mail: donainesonline@hotmail.com. Tecnologia do Blogger.