domingo, 2 de fevereiro de 2014

Midia Ninja, Black Block, Marcha das Vadias, PT e um pequeno mapa da violência esquerdista nas ruas




Por Jefferson Ulisses
E-mail para contato: contato@liberdadeeconomica.com
Não é demais afirmar que esquerdismo é uma doença mental. Veja o artigo O psiquiatra Lyle Rossiter nos comprova que o esquerdismo é uma doença mental
É por isso que eles adoram falar que lutam pelo povo ao mesmo tempo que defendem o totalitarismo das pessoas mais ricas do mundo. Veja aqui:  Socialismo Fabiano – Os Milionários por trás do Esquerdismo
Recentemente estão acontecendo várias manifestações nas ruas. Na minha opinião manifestar-se é uma coisa boa. Por isso eu sempre critiquei a passividade dos brasileiros diante das mentiras e corrupção de nossos governantes. Contudo, o problema, é que estes mesmos governantes (esquerdistas) sabem muito bem como utilizar estes acontecimentos para fortalecer o totalitarismo do estado. Isto sem falar nos grupos esquerdistas que se utilizam destas manifestações para liberar todos os seus problemas mentais através de todo tipo de atitude bizarra.
26
1013234_572453682792686_1544158442_n
É claro que estas pessoas são doentes mentais se utilizando das manifestações para colocar pra fora tudo de mais podre que está reprimido dentro deles. E isto só pode ser feito em manifestações de esquerda.
Veja o exemplo das pessoas que estavam reunidas para ver o Papa. Será que alguém flagrou algum cristão pelado e enfiando objetos comunistas no ânus?
Acompanhem todas as manifestações cristãs e digam se já viram tamanha bizarrice. Será que depois de uma manifestação cristã vemos camisinhas jogadas pelos cantos? Garrafas de cerveja? Pessoas semi-nuas ou totalmente nuas gritando obscenidades? Com cartazes escrito todo tipo de obscenidades? Vemos cristãos quebrando bancos? Pondo fogo em ônibus?526378_670069839689851_1171061049_n
[adrotate banner="4"]
Estas coisas só acontecem em manifestações de esquerda. E, claro, os esquerdistas sempre irão arrumar alguma desculpa para o que fazem, pois todos precisam compreender o seguinte: Estes indivíduos que realizam estes atos bizarros são doentes mentais que desejam fazer estas coisas independente de qualquer ideologia. Quando eles ficam sabendo que vai ter alguma manifestação de alguma coisa, na mesma hora eles saem correndo para fazer alguma bizarrice. Contudo eles só conseguem fazer isso em manifestações de esquerda, por mais que os organizadores, como no caso da Marcha das Vadias, neguem que tiveram participação. Isto não importa, porque a lógica esquerdista é uma lógica doente e sempre, em qualquer manifestação de esquerda, veremos coisas bizarras.
Eles sempre encontrarão alguma desculpa como por exemplo “A Inquisição”. Más podem ter certeza de que, se nunca tivesse acontecido “A Inquisição”, os esquerdistas encontrariam alguma outra coisa pra justificar seus atos bizarros. Porque o problema do esquerdismo não é a ideologia; o problema é mental.
Falemos agora sobre a questão da violência.
Tem uma página no facebook chamada Midia Ninja
midia-ninja
Os principais responsáveis por esta página são Pablo Capilé e Bruno Torturra. Vejam algumas fotos deles:
Midia-Ninja-José-DirceuMidia-Ninja-Bruno-e-PabloMídia-Ninja-Capitlé-com-Dilma
Agora veja o que o Pablo Capilé andou falando sobre Midia Alternativa:
mídia-Ninja-face1Ou seja, segundo ele, o problema das novelas pode ser facilmente resolvido através de uma “Ditadura” que faça “Censura” de conteúdo. Parabéns esquerdinha!
Outro grupo que está tendo muita “notoriedade” nas manifestações é o grupo Black Block Brasil que podem ser encontrados nesta página do facebook
blackO Black Block é o principal responsável pela maioria e principais atos de vandalismo que acontecem nas manifestações. Se você ainda não conhece o grupo então comece prestar atenção nas reportagens que falam sobra as depredações e você sempre verá os vândalos utilizando uma roupa padrão como nestas imagens postadas por eles mesmos:black 2brack1Vamos ver uma pequena lista dos atos de violência promovidos pelo Black Block. Veja nesta imagem o nome deles escrito no vidro que logo em seguida foi quebrado. Leiam a descrição: “Black Bloc SP Representando”.
salva1Vejam mais imagens:Capturar2Capturar3Vejam a próxima imagem onde eles dizem o seguinte  para (como sempre) justificar os problemas mentais deles: “Não temos palavras pra agradecer todos os guerreiros e guerreiras que participaram do ato hoje e mostraram pro mundo que, se os coxinhas com cara pintada e bandeira do Brasil voltaram a dormir, nós, povo oprimido, estamos acordados há anos.
Agora é o de sempre… mídia elitista caindo em cima, os moralistas enchendo o saco como sempre, os ‘coitadinhos’ dos banqueiros chorando na Globo amanhã. Isso é inevitável. Mas quem foi ás ruas viu que a situação foi bem diferente; Nenhum dano ao pequeno empresário, e morte aos grandes acumuladores do capital!
Quanto a quem caiu aqui de paraquedas após uma matéria tendenciosa (pra variar) do G1 ou Datena, fica o convite a conhecer o verdadeiro ideal por trás do “vandalismo” que tentam te fazer engolir.
Capturar4Agora vamos ver alguns vídeos do Black Block em ação:
1
2
3
Black Block e Midia Ninja sempre citam um ao outro no facebook como podem ver nas imagens:
4
6
Neste caso podemos enfatizar suas iniciativas em fazer oposição contra os opositores do PT como na imagem acima onde fazem oposição ao Cabral do PMDB e na imagem abaixo a Alckmin do PSDB‬:7
Acho que as imagens são mais do que suficiente para explicar porque não fazem propaganda contra o PT
Midia-Ninja-José-DirceuMidia-Ninja-Bruno-e-PabloMídia-Ninja-Capitlé-com-Dilma
Eles também declaram apoio a Marcha das Vadias como podemos ver nesta imagem onde dizem: “Ser Vadia é ser Livre”.
5
Veja esta foto da Dilma com a organização da Marcha das Vadias:Marcha das Vadias - Dilma Rousseff
Como podemos ver existe uma ligação clara entre PT, Midia Ninja, Black Block, Marcha das Vadias, obscenidades e violência das ruas.
Veja esta imagem:8
Agora vamos ver a reportagem que Pablo Capilé e Bruno Torturra deram para o Roda Viva que foi transmitido pela TV Cultura, Tv Brasil e emissoras afiliadas.
Porém apenas abrindo um parêntese vamos citar alguns fatos sobre a Tv Brasil. Antes de mais nada Tv Brasil foi criada pelo governo para competir com as Tv’s privadas. Para que este canal consiga se manter eles utilizam o dinheiro de nossos impostos.
Neste canal temos a participação de um intelectual Petista chamado Emir Sader.url
Emir Sader é filósofo e petista histórico. Já colaborou com a elaboração de planos de Governo e documentos oficiais do PT. É próximo de Lula. Emir foi contratado pela EBC (Empresa Brasileira de Comunicação, a responsável pela TV Brasil) e, neste mesmo período, preparou um livro sobre o PT no poder. O nome do livro é Lula e Dilma, 10 anos de Governos Pós-Neoliberais no Brasillivro_lula_dilma
Aqui podemos ver Dilma recebendo o Livro diretamente das mãos de Emir Saderemir_dilmaAgora podemos ver o Lula1E Cristina Kirchner, presidenta da ArgentinaARGENTINA1CRISTINA1LIVRO1_peq
Foi no lançamento deste livro que Marilena Chaui (uma Petista roxa) discursou dizendo que odeia a Classe Média. 
Também é bom enfatizar que a Marilena Chaui escreve vários dos livros didáticos distribuídos na rede de ensino e, claro, ganha muito dinheiro com isso.
Já o Emir Sader tem um contrato com a Tv Brasil, por 1 ano, no valor de R$279 mil.
Como ele está contratado como pessoa jurídica não tem direito a férias nem 13o, portanto é justo dividirmos essa quantia pelos 12 meses do ano para comparar o salário de Emir ao de mortais trabalhadores proletários que eles dizem defender.
R$279.000 /12 = R$23.250 por mês. Belo salário Emir, parabéns!
Ele recebe este dinheiro para responder perguntas nos programas da Tv.
No mês de julho ele apareceu por mais ou menos 14 minutos e 31 segundos, se juntarmos todas as 7 vezes em que ele apareceu.
R$23.500,00 / 14 minutos e 31 segundos = R$1618,00 por minuto
Este é o dinheiro que ele ganha pra fazer isso:
Esta mesma Tv Brasil (Que pertence ao governo) juntamente com a TV Cultura colocaram no ar Pablo Capilé e Bruno Torturra:
Os dois rapazes falaram muitas coisas, más comentarei apenas duas.
A primeira é o apoio ao Black Block que pode ser visto entre entre os 51min43s e 55min3s:
Bruno Torturra – A manifestação, ultimamente, tem encarado a Mídia Ninja quase como um serviço de utilidade púbica, tipo assim: “Filma isso, filma isso”. Porque, de fato, protege manifestante. Mas daí é importante dizer que, antes de ser um manifestante, ele é um cidadão, que está sendo atacado de maneira muito violenta pelo estado por estar exercendo seu direito à manifestação. A gente tá protegendo a democracia quando toma lado numa manifestação porque a gente não tá defendendo o argumento do manifestante necessariamente, mas o direito de ele estar lá fazendo o que ele faz.
Mário Sérgio Conti – Mas aí vocês vão se confrontar com o Black Bloc, que vai lá e vai depredar a concessionária…
Suzana Singer – O que vocês acham dos atos de vandalismo?
Bruno Torturra – Olha, eu estive presente em (sic) vários deles, a gente transmitiu ao vivo, a gente foi muito bem recebido pelo próprio Black Bloc, que não achou nada ruim que a gente transmitisse ao vivo tudo o que eles estavam fazendo…
Wilson Moherdaui – Vocês acham isso bom?
Bruno Torturra – Não é uma questão de achar bom ou de achar ruim. A minha motivação, quando estou na rua, não é a mesma do Black Bloc. Eu não me identifico com a destruição de vidraças…
Suzana Singer – Mas você condena esse tipo de ação?
Bruno Torturra – Eu acho que a discussão é um pouco mais complicada do que isso. Para a gente dizer se dá para condenar ou não uma ação do Black Bloc, a gente tem de discutir, antes, a prioridade, inclusive midiática, e o escândalo que a sociedade sente quando um vidro é quebrado, quando o patrimônio de um banco é quebrado, e a gente não tem a mesma reação, e a gente não encara da maneira escandalizada, quando o cidadão é agredido. A gente tem confundido muito. Tem gente achando que é muita violência…
Suzana Singer – Você tem de discutir a cobertura da mídia antes de discutir se e válido ou não [depredar]?
Bruno Torturra – Não, não é a cobertura da mídia; é a própria visão da sociedade em relação ao que o Black Bloc faz. O que a gente tem de entender é que são jovens que sofrem violência há muito tempo. A maioria deles não confia no estado…
Mário Sérgio Conti – Isso é apuração ou suposição sua…
Burno Torturra – Isso é apuração…
Mário Sérgio Conti – Eu não vi entrevista deles falando isso nas coisas que vocês mostraram.
Bruno Torturra – A gente transmitiu ao vivo várias delas. Por exemplo, tem um jargão do Black Bloc que deixa muito claro… Que eles falam, por exemplo, que “vândalo é o estado”. Não é o que eu necessariamente concordo (sic). Mas eu consigo entender de onde esse pensamento vem. Consigo entender que o jovem que apanha da polícia ou que respira gás lacrimogêneo, que é uma substância altamente tóxica…
Suzana Singer – E o que saqueia loja?
Bruno Torturra – O que saqueia loja, eu acho que é uma outra coisa também… Eu acho que o Black Bloc, mais do que ser um movimento, ele é uma estética, ele é uma tática internacional, que tenta quebra símbolos do capital. Eu, particularmente, não me identifico com isso. Eu vou com a minha cara, eu tenho métodos totalmente pacíficos numa manifestação, mas eu… A gente poderia até discutir o valor, se é justo ou se não é justo. Mas eu acho que se dá muito pouco espaço para a gente discutir o que levou o Black Bloc a fazer isso. E, a partir disso, a gente consegue dizer se é justo ou não. Eu, particularmente, não me identifico com quebrar banco.
Acho que todos os fatos citados anteriormente são mais do que suficientes para contradizer o que ele disse. Más vamos dar ênfase para alguns detalhes:
Bruno Torturra – Não, não é a cobertura da mídia; é a própria visão da sociedade em relação ao que o Black Bloc faz. O que a gente tem de entender é que são jovens que sofrem violência há muito tempo. A maioria deles não confia no estado…
(Se eles não confiam no estado, então porque tiram tantas fotos com políticos e sempre do PT?)
Acho que as imagens deixaram claro que eles apoiam o Black Block e todos eles apoiam o Estado que se dizem contrários.
Midia-Ninja-José-DirceuMidia-Ninja-Bruno-e-PabloMídia-Ninja-Capitlé-com-Dilma
Marcha das Vadias - Dilma Rousseff
Eles deixam claro na entrevista que são membros do Fora do Eixo. Veja o site do grupo aqui
Fora do Eixo dispõe de 57 CNPJs de todo tipo: editora, produtora, bar, ONG, Oscip, fundação… Grande também é o número de cartões que eles podem utilizar para financiar projetos e despesas.
Vinte e oito pessoas têm a senha do cartão do banco e podem utilizá-lo livremente para suas despesas pessoais. Tudo que precisam fazer é discriminar e justificar o gasto. E esse tipo de remuneração é seguido por até 2 mil pessoas pelo país nos coletivos ligados ao circuito. É com esse orçamento que alugaram, no começo de 2011, a casa em São Paulo, e estabeleceram ali a nova sede para uma nova fase. Agora, com a trama em 112 cidades, a estratégia é ganhar o mainstream, atrair artistas com carreiras mais consolidadas e criar um polo para atrair gente, dinheiro e oportunidades.
É claro que toda essa rede tem servido a projetos culturais, shows, festas e divulgação de artistas independentes etc. Mas foi justamente de dentro dessa estrutura de Ongs, Oscips e fundações que vem todo o apoio para estes grupos que citamos acima.
Grupos esquerdistas que possuem um único objetivo: Se utilizar de frases “bem intencionadas” para justificar bizarrices e violência e, acima de tudo, fortalecer o estado que eles dizem estar contra.
por liberdadeeconomica.

http://liberdadeeconomica.com/home/2013/08/07/midia-ninja-black-block-marcha-das-vadias-pt-e-um-pequeno-mapa-da-violencia-esquerdista-nas-ruas/

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fernando Lúcio: E-mail: donainesonline@hotmail.com. Tecnologia do Blogger.