terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Renato diz que PSDB quer fazer reavaliação fisiológica e que RC não depende de CCL



O fisiologismo político é a relação de poder política em troca de favores ou cargos

O vereador Renato Martins do PSB, parece ter sido escalado para apagar o fogo entre Cassistas e Ricardistas usando gasolina. Depois de dizer que o PSDB não teria motivo para romper com o PSB por que está com os contra-cheques em dia, hoje ela classificou a avaliação do governo que o senador Cássio Cunha Lima defende para renovar ou não a aliança de reavaliação fisiológica.
O fisiologismo político é a relação de poder política em troca de favores ou cargos.
De acordo com Renato, o governador Ricardo Coutinho (PSB), não tem plano B, caso o rompimento de Cássio seja confirmado. "Nós temos o plano A, que são as obras e ações do governo. A forma e a maneira do PSB governar e mudar realidades, assim como fez em João Pessoa e está fazendo na Paraíba".
Contra-cheques em dia
Na semana passada, Renato revelou, durante entrevista a imprensa, acreditar que o PSDB não tem motivos para romper a aliança com o PSB, pois faz parte da gestão, que segundo ele, vem transformando a Paraíba, desde 2011. Ele também acrescentou que “o PSDB tem vários cargos no governo socialista e que todos os contracheques estão em dia”.
“Acredito que não tem motivo para haver rompimento. O estado tá conseguindo ser transformado, tem capacidade de investimento, está honrando seus compromissos, tem obras, tem serviços para ser mostrado. Agora em havendo rompimento, o PSB vai preferir a população, que é o que agente prefere”, afirmou.
Da redação 
WSCOM Online
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fernando Lúcio: E-mail: donainesonline@hotmail.com. Tecnologia do Blogger.