domingo, 24 de novembro de 2013

Barbosa quer afastar juiz que estaria 'aliviando' os mensaleiros

Uma notícia estarrecedora acaba de ser publicada pelo jornal Estado de S. Paulo. Segundo os repórteres Andreza Matais e Felipe Recondo, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, estaria agindo para afastar o magistrado Ademar Silva de Vasconcelos do Distrito Federal, responsável por acompanhar as prisões de José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoino – este, internado no Instituto do Coração para uma avaliação médica (leia mais aqui). O motivo: segundo Barbosa, Vasconcelos estaria sendo benevolente com os presos.

A intenção do presidente do STF, que age como se fosse dono do Poder Judiciário no Brasil, é colocar em seu lugar o substituto Bruno André Silva Ribeiro. Curiosamente, foi para ele que Barbosa enviou as ordens de prisão no dia 15 de novembro – Bruno estava de férias e isso fez com que os réus condenados ao semiaberto fossem submetidos vários dias a um regime fechado de prisão (leia mais aqui).

Depois das prisões, um manifesto assinado por juristas como Celso Bandeira de Mello e Dalmo Dallari condenou as atitudes ilegais e arbitrárias de Joaquim Barbosa (leia mais aqui). O texto afirma que o Supremo Tribunal Federal deve agir com rapidez para não se tornar refém de seu presidente. Em entrevista, Bandeira de Mello defende que Barbosa seja processado (leia aqui).

Neste sábado, nota publicada por Ilimar Franco, do jornal O Globo, revelou que Lula tem dito que a escolha de Joaquim Barbosa foi o maior erro cometido em seus oito anos de governo (leia aqui).

Ao que tudo indica, o Brasil tem hoje um desequilibrado à frente do Poder Judiciário – o que já se suspeitava há muito tempo. Felipe Recondo, um dos autores da reportagem do Estado de S. Paulo, é o jornalista que já foi insultado por Barbosa dentro do STF, quando o presidente da corte disse a ele que chafurdasse no lixo.
Paraibajá
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fernando Lúcio: E-mail: donainesonline@hotmail.com. Tecnologia do Blogger.