domingo, 1 de dezembro de 2013

Reajuste da gasolina e do diesel já começa a chegar aos postos do Brasil



Petrobras elevou o preço da gasolina em 4% e o do diesel, em 8%.

 O reajuste no preço da gasolina e do diesel anunciado na véspera pela Petrobras já chegou a algumas bombas de combustível neste sábado (30). O G1 visitou mais de 30 postos de localizados nas capitais de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Pará, além do Distrito Federal e de Olinda, em Pernambuco, e constatou que o consumidor já começa a sentir no bolso a elevação de preços anunciada na sexta-feira (29). Segundo comunicado da Petrobras, a gasolina ficou 4% mais cara nas refinarias e o diesel, 8%.
Em alguns estabelecimentos, o reajuste excedeu a porcentagem informada pela empresa. No Rio, por volta das 9h30, o Posto São Jerônimo do Anil, da bandeira Shell, na Estrada de Jacarepaguá, Zona Oeste da cidade, já havia reajustado o valor da gasolina comum de R$ 2,999 para R$ 3,199, uma alta de 6,7%.
Em São Paulo, o gerente Rubens Costa do posto BR, localizado na Alameda Santos, Zona Central, disse que o reajuste deve acontecer somente na segunda-feira (3), mas ficará em torno de 6%. “O preço da gasolina, que agora está R$ 2,99, deve ir para R$ 3,19. Isso é o que estimamos.”
Ao longo deste sábado, outros postos do Rio e de São Paulo começarão a levar o reajuste às bombas. Na Zona Norte do Rio, a partir das 14h, o Posto Vianense Petróleo, na Rua Lino Teixeira, no Jacaré, passará o preço nas bombas de R$ 3,059 para R$ 3,139.
No Centro do Rio, o Posto BR Rias Baixas, na Avenida Presidente Vargas, informou que o novo valor precisa aparecer no sistema para reajustar na bomba. Às 9h43, o valor cobrado era de R$ 3,19.
Já na Zona Sul, em Botafogo, o Posto BR ADM, na Rua da Passagem, informou que o valor será reajustado ainda neste sábado de R$ 3,14 para cerca de R$ 3,20.
O Posto de Gasolina e Serviços Feirense, em São Cristóvão, informou que o reajuste acontecerá a partir de segunda-feira (2), sem precisar o valor. Neste sábado, o consumidor pagava R$ 3,099 pelo litro de gasolina comum.
Essa é a mesma situação de São Paulo, em que gerentes dos postos Ipiranga, da Rua Bernardino de Campos, e Shell, da Rua 13 de Maio, ambos na Zona Central, afirmaram que a mudança ocorrerá somente na segunda. Nestes postos, a gasolina está por R$ 2,69; o etanol, R$ 1,89; e o diesel, R$ 2,59.
Belo Horizonte
Em postos de combustível visitados pelo G1 em outras duas capitais, os preços começaram a ser reajustados, mas a elevação ficou abaixo do informado pela Petrobras.
Para Minas Gerais, o repasse para o consumidor deve ser de cerca 2,7% no valor da gasolina e de 6% no do diesel, de acordo com o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo do Estado de Minas Gerais (Minaspetro), Paulo Miranda Soares. Ele ressalta que o reajuste, entretanto, varia em cada estabelecimento.
Na região Noroeste da capital mineira, um dos postos localizados na Avenida Américo Vespúcio, já reajustara os preços antes mesmo da chegada de um novo carregamento de combustível: a gasolina passou de R$ 2,799 para R$ 2,899, e o diesel de R$ 2,497 para R$ 2,697, o que representa alta de cerca de 3,5% e de 8%,
respectivamente. Segundo o gerente Júlio César Magalhães, o posto apenas repassou o aumento aos clientes para garantir a margem de lucro do estabelecimento.
Em outro posto na mesma avenida, o funcionário público Marcelo Magno conseguiu abastecer, nesta manhã, ainda com o preço sem o reajuste, pois os novos valores começaram a valer a partir das 13h deste sábado (30). “Caro é, mas fazer o quê?”, lamenta Magno sobre a elevação. No local, a gasolina subirá aproximadamente 3,5% e passará de R$ 2,89 para R$ 2,99. O diesel ficará cerca de 5,6% mais caro e passará de R$ 2,499 para R$ 2,639.
Campo Grande
Em Campo Grande, um estabelecimento na Avenida Tamandaré, na Vila Nasser, o litro da gasolina comum passou de R$ 2,94 para R$ 3,06 e o do diesel comum, de R$ 2,36 para R$ 2,48. O proprietário João Dassoler relatou que os preços foram reajustados com base no que foi repassado pela refinaria, mas podem ser alterados, para cima ou para baixo, já que os cálculos ainda estão sendo feitos.
No Jardim TV Morena, um posto na Rua Spipe Calarge reajustou o preço do litro do diesel de 2,47 para R$ 2,65. Segundo o gerente, Valdir de Souza, o preço do litro da gasolina comum, hoje de R$ 2,98, será reajustado nos próximos dias. O Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Automotivos, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de Mato Grosso do Sul (Sinpetro/MS) informa que repassar de imediato um reajuste ao consumidor é a prática mais comum entre os empresários.
Distrito Federal
O G1 visitou mais de 15 postos localizados na Asa Norte de Brasília. Destes, apenas dois reajustaram o valor. Em um estabelecimento localizado na Quadra 503 Norte, o reajuste para o consumidor foi de 4,7%, mais alto que o definido pela Petrobras para as refinarias. A gasolina passou de R$ 2,98 na noite de sexta para R$ 3,12 na manhã deste sábado.
O gerente do posto, que não quis se identificar, disse que a empresa recebeu de madrugada um caminhão de combustível já com novos preços e que o índice foi repassado ao consumidor. Ele afirmou que recebeu orientação dos donos do posto para aplicar um reajuste de 4,7%, mas disse que o preço pode ser revisto.
No posto da 102 Norte, a gasolina também já está com novos preços para os consumidores. O reajuste, porém, foi de 2% – o litro passou de R$ 2,99 para R$ 3,05. O frentista disse que o posto recebeu nova remessa de combustível na manhã deste sábado, já com reajuste da refinaria.
Belém
O G1 foi a três postos de combustível no centro de Belém e em nenhum o reajuste já foi aplicado. Nos locais visitados, a gasolina comum custa de R$ 2,77 a R$ 3,07. “Está cada vez mais complicado pagar pela gasolina. E eles querem cobrar o preço mais alto, porque ontem eu fui em cinco postos e não quiseram me vender porque queriam pegar o aumento de hoje”, afirma o eletricista morador de Belém, José Furtado, que tem carro e moto.
“Isso é um absurdo. Eu rodo 70 quilômetros por dia, uso o carro para tudo”, reclama o militar Samir, de 27 anos, que precisa se locomover de Ananindeua para Belém todos os dias. Ele estava em um posto no centro da capital, cujo valor da gasolina estava em R$ 3,07, ainda sem reajuste.
De acordo com o Sindicato dos Postos de Gasolina do Estado do Pará, 90% dos postos do estado devem fazer pedido de reposição dos combustíveis para distribuidoras neste sábado (30) ainda. De acordo com o presidente do sindicato, Alírio Gonçalves, o aumento deve ser em torno de R$ 0,04 para gasolina e R$ 0,11 no diesel.
“A maioria dos postos em Belém já está reajustando os preços na bomba. Até porque o aumento foi muito grande. Agora sobre o preço, é complicado, porque o Pará é o 5º estado do Brasil com combustível mais caro”, diz. Segundo Gonçalves, dois fatores contribuem para esse alto custo, a distância das distribuidoras e a carga tributária: o ICMS sobre a gasolina é de 28%.
Olinda
Em Pernambuco, o reajuste do diesel ficou acima do projetado pela Petrobras. No bairro de Ouro Preto, em Olinda, o posto São Salvador, da bandeira BR, elevou de R$ 2,29 para R$ 2,49 o litro do diesel, alta de 8,7%. Em outro posto, também em Olinda, no bairro do Varadouro, houve um aumento de R$ 0,20 no valor do diesel, que agora custa R$ 2,59, elevação de 8,3%.

G1
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fernando Lúcio: E-mail: donainesonline@hotmail.com. Tecnologia do Blogger.