segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Rosas muda tom e crê na manutenção da aliança com Cássio


Rosas muda tom e crê na manutenção da aliança com Cássio
Após a repercussão da nota em que dava um ‘suposto’ ultimato aos membros do PSDB da Paraíba, o presidente do PSB no Estado, Edvaldo Rosas, mudou o tom, tido como agressivo por alguns tucanos e, amenizou o clima de racha envolvendo as duas legendas.

Em entrevista ao programa CBN João Pessoa, Rosas disse que acredita na manutenção da aliança entre Cássio e Ricardo para as eleições de 2014, repetindo assim a dobradinha vitoriosa firmada em 2010.

“Eu acho que a chapa Ricardo e Cássio se mantém nessa aliança. Não se justifica um rompimento”, disse Rosas.

Para o socialista, 2014 terá duas candidaturas, uma da situação e outra da oposição, representada pelo PMDB com a pré-candidatura já posta do ex-prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo.

Racha anunciado

Nesse fim de semana a crise política na Paraíba ecoou no jornal O Estado de São Paulo.

Leia um trecho do que foi publicado: “Na Paraíba, os aliados PSDB e PSB acabam de romper.

Os tucanos abandonaram o governador Ricardo Coutinho, aliado de Campos, para lançar a candidatura dosenador Cássio Cunha Lima. Assim, o palanque de Aécio (Neves) fica forte no Estado. 

Só para se ter uma ideia, Cunha Lima garantiu em Campina Grande uma das poucas vitórias de José Serra nas grandes cidades do Nordeste na eleição de 2010. 

O PSB, que tentará reeleger Coutinho, sai enfraquecido na Paraíba. Melhor para Aécio, pior para Campos”.



Márcia Dias

PB Agora
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fernando Lúcio: E-mail: donainesonline@hotmail.com. Tecnologia do Blogger.