quinta-feira, 14 de março de 2013

CAOS NA EDUCAÇÃO: mais uma escola administrada pelo Governo RC é alvo do descaso; agora estudantes são obrigados a comprar fardamento



CAOS NA EDUCAÇÃO: mais uma escola administrada pelo Governo RC é alvo do descaso; agora estudantes são obrigados a comprar fardamento
Escândalo: estudantes de Escola Estadual de Campina Grande são obrigados a comprar fardamento escolar

Depois da interdição por parte do Ministério Público de uma escola estadual de Campina Grande, um novo escândalo estourou na cidadecomo reflexo do tratamento inadequado que está sendo dado a educação do campinense. Estudantes da Escola Estadual Raul Córdula localizada no bairro do Cruzeiro, estão sendo obrigados a comprar o fardamento devido ao atraso da remessa a ser enviada pelo governo do Estado.


A farda com a marca da escola Raul Córdula está sendo vendida ilegalmente em uma casa localizada no bairro do Cruzeiro, a alguns metros do educandário. O material confeccionado em uma fábrica da cidade, deveria ser distribuído de graça pelo governo do Estado, visto que o Ministério da Educação e Cultura envia uma verba específica para a distribuição do fardamento.

 

A proprietária do estabelecimento revelou via telefone, que o pedido pelo fardamento foi feito pelos próprios pais dos alunos devido ao atraso na remessa do governo do Estado. Isso porque o ano letivo já foi iniciado, e os alunos são obrigados a usar a farda para ter acesso a escola.

Para ter direito a camisa do Raul Córdula, os pais precisam efetuar o pagamento antecipado e a vista. A proprietária da loja que pediu para não se identificar contou ainda que o material é fabricado em uma fábrica de fundo de quintal instalada no bairro de José Pinheiro.


O diretor da escola Robilsom Tibério, confirmou que o fardamento do governo ainda não foi entregue. Para isso, a direção solicitou que os alunos passagem a usar camisa padrão de cor branca para terem acesso a escola. “Até o momento nós não recebemos nenhuma notícia de entrega de fardamento. Acredito que em breve o governo entregue. Nós estamos exigindo agora nesse momento aos alunos entrarem com uma blusa de cor branca para uniformizar até que o governo do Estado mande os fardamentos” disse.


O descaso com a educação do campinense tem sido denunciado pela população. Na semana passada a Escola Estadual de Ensino Fundamental Poeta Carlos Drummond de Andrade, em Campina Grande, foi interditada, por causa da estrutura precária que estaria pondo em riscos a integridade física de professores, estudantes e funcionários e por irregularidades que põem em risco à saúde da comunidade escolar. A interdição foi decidida após inspeção feita pela Vigilância Sanitária municipal e o Ministério Público da Paraíba.


A estrutura física da escola apresenta problemas como parte das instalações elétrica e hidráulica funcionando na base da “gambiarra”, alguns banheiros sem vasos sanitários e com portas quebras e paredes literalmente pichadas. A área externa está praticamente tomada pelo mato, enquanto parte do muro já desabou.


PBAgora 


Com TVParaíba
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fernando Lúcio: E-mail: donainesonline@hotmail.com. Tecnologia do Blogger.