sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Ricardo inaugura binário de Bayeux nesta sexta-feira


O governador Ricardo Coutinho inaugura nesta sexta-feira, (27), às 17 h, o Binário de Bayeux, uma obra prometida por governos anteriores, mas somente realizada na atual gestão estadual, que vai beneficiar diretamente os municípios de Bayeux e Santa Rita, contemplando uma população de 250 mil habitantes. Para isso, foram investidos cerca de R$ 10 milhões, com recursos próprios do Estado.
Do total de recursos aplicados, R$ 6,5 milhões foram destinados às obras de engenharia e cerca de R$ 3,3 milhões em 117 desapropriações de imóveis residenciais, pontos comerciais, terrenos e benfeitorias, além de parte de uma igreja, os quais impediam a abertura normal da nova avenida. O tráfego médio diário na Avenida Liberdade é de 18 mil veículos.
Com uma extensão de 9 km (percurso total ida e retorno), com largura média de 7 metros de pista mais calçadas laterais com largura variável, o trajeto no sentido João Pessoa/Santa Rita segue pela Avenida Liberdade. No sentido Santa Rita/João Pessoa, o tráfego de veículos será pela Avenida Liberdade, ruas Luiza Lila de Lima, Joaquim Fernandes, Pinheiro Machado, Elvira Marsicano e Santa Rita.
Os principais serviços executados foram complementação e melhoramento do sistema de drenagem de águas pluviais e subterrâneas, adequação do alinhamento das ruas paralelas à Avenida Liberdade que compõem o binário, recapeamento asfáltico dessas avenidas, padronização de calçadas laterais, implantação de paradas de ônibus, sinalização horizontal e vertical e iluminação ornamental.
A Avenida Liberdade ficou conhecida como “Corredor da Morte”, em face dos muitos acidentes ali ocorridos. Durante muitos anos, foi o principal acesso rodoviário dos veículos que chegavam ou se deslocavam de João Pessoa para cidades do interior e de Estados como Rio Grande do Norte e Ceará. Com a construção do contorno da BR-230, a partir do planalto de Santa Rita passando por fora da cidade de Bayeux, o trânsito teve uma redução significativa, mas os engarrafamentos e acidentes continuaram. Após muitas promessas de governos anteriores, o atual governo encampou o projeto e agora inaugura a obra que dará um novo visual e um tráfego rápido por vias duplicadas.
Breve histórico – A estrada João Pessoa-Santa Rita, (PB-004) foi a primeira via pública que na história rodoviária paraibana recebeu uma pavimentação de paralelepípedos, assentados em base de concreto e rejuntados com cimento, tornando-se, assim, pioneira da fase de modernização das estradas no Estado.
Sua construção foi iniciada em 1940 pelo interventor federal Ruy Carneiro, em regime de cooperação com a Inspetoria das Secas e a Prefeitura de Santa Rita. Apesar do alto preço do serviço, os trabalhos avançaram regularmente em 1941.
Em relatório de 1943, dirigido ao presidente Getúlio Vargas, Ruy Carneiro lembra que a estrada João Pessoa-Santa Rita é um dos melhores trabalhos de engenharia rodoviária executados na Paraíba. Já no relatório de 1944, informou que a estrada viria a ser uma das melhores do país.
Ao assumir o Governo do Estado em 1947, Oswaldo Trigueiro de Albuquerque e Melo encontrou os serviços da estrada paralisados, faltando somente 7.408 metros quadrados, dando prosseguimento aos trabalhos. A obra foi concluída e inaugurada no dia 6 de março de 1950.
Secom

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fernando Lúcio: E-mail: donainesonline@hotmail.com. Tecnologia do Blogger.